A Tófano Imóveis está começando um novo ciclo!
Na semana passada, eu e Maiara Tófano nos encontramos para falar de negócios e trocar novas ideias, e aproveitamos para curtir um pouco da Temporada de Moda e Design do Shopping Praia da Costa, em Vila Velha.
A criação de uma loja colaborativa temporária, a TOC TOC, foi uma das ações do evento e reuniu 33 marcas (a maioria de origem capixaba!) criativas do mundo da moda, arte e design, com muitas propostas atuais e descoladas.


Resolvemos, então, registrar aqui, algumas das tendências que marcaram presença nos corners da loja temporária.
Hoje vamos falar de: composição de quadrinhos na decoração!

Quadros e mais quadros nas paredes são elementos historicamente muito presentes na decoração de interiores. Se por um lado, uma pintura, ilustração, fotografia, etc. é expressão de uma cultura, tempo ou artista, por outro, a residência – onde uma obra dessas pode ser locada – é espaço de expressão da essência das pessoas que ali habitam. Portanto, o que vai pra parede do seu lar não necessariamente deve seguir um padrão de estética, arte ou valor: a regra é pendurar a sua personalidade!

O jeito que cada um cria uma composição de quadros é o que torna o decor inédito e especial, seja na sala, quarto, corredor, banheiro, varanda, etc. Para compor determinado arranjo de quadros, podem ser escolhidas peças que tenham a ver com a história dos proprietários: elementos passados de geração em geração ou trazidos de viagens compõem de forma muito interessante com outros mais contemporâneos.

Mais que um enfeite, quadros e obras de arte contam um pouco da história das famílias e podem também expressar o estado emocional delas. Além disso, muito pode ser contado através de imagens na decoração: se as pessoas que ali habitam são alegres, divertidas, se gostam de música, viagens, poesias, se são religiosas, minimalistas, clássicas, se tendem ao saudosismo…
Podemos dizer que uma parede é uma tela em branco e a composição de quadros é um recurso de decoração que faz do morador um artista a se expressar.

Pois bem, na loja Toc Toc encontramos vários expositores de quadrinhos decorativos e a gente brincou de criar composições em uma prateleira (sim, os quadros não precisam ficar somente nas paredes!). O mais legal de tudo é que os produtos que a gente utilizou tem preços bastante acessíveis, o que permite que você renove sempre a decoração, assim que tiver vontade de dar uma nova cara ao ambiente!
Alguns dizem que não existem regras para criar uma composição de quadros, outros defendem que o certo é planejar milimetricamente a posição de cada elemento. Se após pesquisas de referências na internet a duvida ainda for grande, vale pedir ajuda a um profissional da área para te orientar (ó eu, arquiteta, aqui! Hihi).
Contudo, se você quiser arriscar sozinho(a) mesmo, vou anexar aqui no post algumas referências bem bacaninhas para e te inspirar e vou escrever algumas dicas básicas pra prestar atenção se você quiser se aventurar por aí a qualquer hora na sua parede.

Por onde começar?
Se você não tem ainda muitos quadros para fazer “aqueeeeela” parede adornada que você viu no pinterest, não desanime! O legal de uma composição é fazer ela crescer aos poucos mesmo, de acordo com seus achados, compras, presentes, etc. Uma dica boa é começar pelo centro da parede onde você quer decorar. Assim você vai expandindo pros lados sempre que puder.

A altura ideal:
A composição pode começar do chão e ir até o teto ou ser centralizada na parede. Caso a parede escolhida seja aquela atrás do sofá e se o encosto do mobiliário não for tão espesso, cuidado com a altura da fixação dos quadros: pode acontecer de alguém bater com a cabeça nos quadros ao se levantar ou derrubar alguma peça ao se espreguiçar.

Distância entre os quadros:
As distâncias entre cada elemento fixado na parede podem ser iguais ou não. Isso vai depender do quão detalhista você é. Em termos de decoração, tudo é permitido. Se você não estiver muito seguro fazendo isso sozinho, busque adotar medidas proporcionais como referência.


Sobre as molduras:
As molduras dos quadros podem seguir um modelo padrão, caso você opte por uma composição mais simétrica e equilibrada. Mas não se prenda a isso! É permitido misturar tudo: modelos, cores, texturas, estilos… Inclusive, pode-se ter peças com molduras e outras sem em uma mesma parede.
E aí? Animados para dar um up na decoração do seu espaço?
Nos próximos posts vamos falar de mais tendências bacanas, fáceis de aderir e que podem fazer uma diferença enorme na atmosfera dos ambientes internos onde a gente habita!
Afinal, o que a gente quer mesmo é viver bem! <3

Um abraço meu e da Maiara Tófano!

Yasmim Bolzan
27 99972 9402
bolzanyasmim@gmail.com

Yasmim Bolzan é Arquiteta e Urbanista pela Universidade Federal do Espírito Santo, tendo cursado parte da graduação no Politécnico de Milão (Itália). Atualmente está concluindo especialização em Retail Design e Visual Merchandising no Instituto Europeu de Design (SP) e trabalha com projetos de Arquitetura e Interiores em seu próprio ateliê em Vila Velha.

 

Maiara Tófano

Maiara Tófano é Sócia Proprietária e Corretora de Imóveis na Tófano Imóveis, bacharel em Direito, Avaliadora de Imoveis Inscrita no CNAI – Cadastro Nacional dos Avaliadores de Imoveis, Bacharel em Direito e Especializada em Direito Imobiliário pela FGV (Fundação Getulio Vargas), Curso em Fotografia Imobiliária, Apresentação de Imoveis e Programa de Desenvolvimento de Líderes para Mercado Imobiliário. Selecionada entre 10 empresários nacionais para participar do Mentoring Guilherme Machado.