Lembram quando eu disse que a Tófano Imóveis estava começando um novo ciclo? Pois então, hoje estamos inaugurando oficialmente o novo Blog Tófano Imóveis!! \0/

A partir de agora, eu, Yasmim Bolzan, Arquiteta e Urbanista, estarei por aqui quinzenalmente trocando ideias sobre arquitetura, decoração, design, cidades, tendências e muito mais! O conteúdo semanal ficará por conta da Maiara Tófano, com atualidades, assuntos sobre imóveis, mercado, economia, etc. A gente espera, assim, ficar cada vez mais próxima de vocês 🙂

Quando eu e Maiara nos encontramos para nos alinharmos à respeito da programação do Blog, estávamos na feirinha Toc Toc, na Temporada de Moda e Design do Shopping Praia da Costa. Lá mesmo, na grande loja colaborativa temporária do evento –  que reunia várias marcas criativas do mundo da moda, arte, design e decoração –  já identificamos várias tendências para abordar aqui nas nossas pautas. No post anterior, falamos de composição com quadros na decoração. Hoje falaremos de: composição com almofadas na decoração!

Este assunto pode parecer um mero detalhe, mas vocês verão neste post como uma composição bacana com almofadas pode mudar a atmosfera de um ambiente e fazer toda a diferença na hora de decorar um espaço. Além de aumentar o conforto ao sentar, as almofadas adicionam cor, textura, estilo e personalidade aos ambientes: elas podem renovar toda a decoração em segundos!

Antes de tudo, como arquiteta, devo dizer que, na maioria das vezes, prefiro indicar para meus clientes uma base neutra em seus ambientes (parede, sofá, cortina, marcenaria, etc.), uma vez que esta é composta de itens que geralmente não são trocados com frequência. E é por isso que os acessórios e adornos são tão importantes em uma decoração: são eles que dão cor, vida e personalidade ao espaço, e que podem ser substituídos assim que os moradores sentirem vontade de “dar um up” no local.  As almofadas são um desses acessórios que, além de trazerem conforto e aconchego, servem para vários ambientes e adicionam identidade ao cantinho de cada um.

De um modo geral, um ambiente mais sóbrio pode ganhar vida com almofadas coloridas e estampadas, ao passo que um cômodo mais vibrante pode ganhar toques de delicadeza com almofadas lisas e com tecidos refinados, tais como o veludo, que transformam um sofá, por exemplo, em um refúgio acolhedor e convidativo. Estampas coloridas e com figuras divertidas também deixam o quarto das crianças muito mais lúdico e animado.

As almofadas dão o toque final a qualquer decoração e podem/devem ser as últimas peças a serem definidas. As opções no mercado são muitas, com variações em tamanhos, formatos, cores, texturas, etc., e aqui vão algumas dicas para ajudar na escolha desses complementos, se você estiver com dúvidas na hora de elaborar um mix.

Cores e texturas

Antes de escolher as cores das suas almofadas, analise os tons presentes na decoração do sue ambiente. Eles servirão como guia para que suas escolham sejam harmônicas ou o oposto, se o contraste for o propósito da composição. Dentro da paleta definida, é possível brincar bastante com as combinações.

Misturar tecidos e estampas pode deixar a decoração bem interessante. A dica para um mix de estampas harmonioso é escolher uma cor predominante que esteja presente em todas as peças, ou seja, o ideal é que as estampas de cada almofada tenham algo em comum entre si (como uma cor ou uma padronagem).

 

O xadrez, o poá, o floral e tantas outras estampas diferentes podem ficar equilibradas juntas: basta seguir a mesma combinação de cores predefinida. Para quebrar o mix, se esta for a intenção, uma opção é intercalar almofadas lisas junto com as estampadas. O mesmo acontece com estampas geométricas ou de paisagens, que podem conviver bem juntas, harmonizadas com os tons dos lisos. O fundamental é que, de alguma forma, tudo converse entre si.

Uma boa ideia é combinar almofadas em couro com outras em algodão, mais rústicas, ou misturar tecidos estampados ou listrados com tecidos lisos. Caso o sofá tenha design mais clássico e sofisticado, pode-se utilizar almofadas de seda ou de veludo. Já nos sofás com detalhes em fibra natural, uma boa opção é usar almofadas de crochê ou de linho.

Vale também prestar atenção no modelo do sofá na hora de escolher as almofadas.

– Tom sobre tom

A técnica de tom sobre tom é uma das mais utilizadas no momento de montar a composição sofá/almofadas. Se você tiver um sofá vermelho, as almofadas podem conter estampas nesse tom ou em um tom acima, como o vinho por exemplo. No caso de sofá com tons mais neutros, a composição com almofadas em tom sobre tom pode ficar elegante. Contudo, para evitar a monotonia no ambiente, neste caso, vale investir em texturas diferentes nas almofadas e em uma mesa lateral com adornos e um vaso de flores bem coloridas ao lado.

Por meio das almofadas, podemos dar identidade para o sofá. Elas podem complementar o design desse móvel ou criar contraste; podem esconder o modelo do sofá ou potencializar o design desse móvel. Escolher almofadas com harmonizem a sala e deixe um sofá, uma poltrona ou um cantinho mais gostoso é fundamental para compor um ambiente convidativo e aconchegante.

Tudo isso que falamos não são regras inquebráveis: com o tempo e com a experiência decorando diferentes espaços da casa, você vai ganhar segurança e vai querer ousar mais. Quando essa hora chegar, esqueça o que pode e o que não pode e deixe sua criatividade fluir para ter uma decoração com a sua cara. E, no fim das contas, é isso que importa: que a casa reflita à alma de quem ali vive, seja no seu estilo, na sua decoração, e nos objetos que a compõem.

Enquanto a segurança não chegar, dê uma olhada nas imagens de referência deste post, se inspire e seja criativo na hora de elaborar seu mix!

Até mais!

Yasmim Bolzan

Yasmim Bolzan

Yasmim Bolzan é Arquiteta e Urbanista pela Universidade Federal do Espírito Santo, tendo cursado parte da graduação no Politécnico de Milão (Itália). Atualmente está concluindo especialização em Retail Design e Visual Merchandising no Instituto Europeu de Design (SP) e trabalha com projetos de Arquitetura e Interiores em seu próprio ateliê em Vila Velha, Espírito Santo.