Categoria: Tófano Dicas

Pela primeira vez no ano, Caixa reduz juros para financiar casa própria

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (8) uma redução nas suas taxas de juros para financiamento de imóveis novos e usados com recursos da poupança. A redução será de até 0,25 ponto percentual ao ano para todas as linhas.

A chamada taxa balcão, para clientes que não tem relacionamento com o banco, cairá de 11,22% para 11% ao ano no Sistema Financeiro Habitacional (SFH), e de 12,5% para 12,25% no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI).

Ler mais

Caixa volta a ter crédito mais barato para financiar imóvel

São Paulo – Após um período de suspensão por conta da escassez de recursos, a linha de financiamento de imóveis pró-cotista, a mais barata do mercado para imóveis com valor maior do que 225 mil reais, voltou a ser oferecida a clientes pela Caixa.

De acordo com informações do próprio banco, após o anúncio do conselho curador do FGTS de que a linha teria recursos adicionais de 3,6 bilhões de reais, sendo 1,7 bilhão para financiamento de imóveis de 225 mil reais a 500 mil reais, o crédito está disponível para os clientes desde o dia 16 de agosto.

Ler mais

Às vésperas da eleição, MEC anuncia faculdades de medicina em 39 cidades

O Ministério da Educação vai anunciar na próxima terça-feira (27) as instituições de ensino habilitadas a implantar novos cursos de medicina em 39 cidades em onze Estados do país.

Na prática, a medida, anunciada às vésperas das eleições municipais, representa o fim de uma novela que se desenrola há um ano e serve como “empurrão” político aos prefeitos que concorrem à reeleição e tratam o tema como bandeira de campanha em seus municípios.

Ler mais

Hora de investir em imóveis

Há cerca de 10 anos, analistas começaram a vaticinar que o Brasil teria uma bolha imobiliária prestes a estourar e que os preços dos imóveis cairiam em média 50% ou mais quando ela estourasse. Baseado em indicadores que apontavam que – ao contrário do que a maioria achava – em comparação a países onde bolhas imobiliárias estouraram, o endividamento de compradores de imóveis e o volume de novos lançamentos eram ainda pequenos e os preços não eram excepcionalmente elevados em relação à renda por aqui, publiquei diversos artigos refutando tais análises.

Ler mais

Desenvolvido por Arco Websites & Mobile Apps